terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

VAMOS ÀS CLARAS?

É com bastante alegria no coração que dedico este pequeno texto a todos os atores, modelos, produtores e alguns agentes que colaboram profissionalmente para a realização de comerciais para TV.
Sempre que há "castings" para gravações de comerciais, as produtoras se enchem de gente bonita, talentosa e disciplinada - na maioria das vezes - todas torcendo para serem selecionadas, pois a grande maioria conta com o "mixuruca" cachê (se comparado aos milhares de reais pagos às "celebridades"),  para auxíliar nos  pagamentos das  suas despesas pessoais, como qualquer outro trabalhador. 
Tem que ser assim mesmo, pois a vida está dura e qualquer ajuda é bem vinda, além da possibilidade de, em estando na "vitrine" surgirem mais trabalhos para "de merreca em merreca" se conseguir uma "graninha". Alguns dos leitores podem perguntar: "Como é que ele sabe disso?" Simples, sou pai de dois modelos:  

Kelvin Johnson e Kenny Johnson (perdoem a corujisse). Pois bem, o problema está no recebimento da suada "merreca", que não raras vezes ultrapassa o longo prazo dado no ato da contratação (30 ou 45 dias). Será que o mesmo ocorre com as celebridades que vem fazer parte do elenco, será que seus pompudos cachês, são recebidos com 30, 60, 90 ou mais dias, será que eles pagam as suas passagens nos seus cartões para serem reembolsados depois, ou eles já saem dos seus estados de origem com o dinheiro (aí é dinheiro mesmo!) devidamente depositado nas suas contas, alguém sabe me responder?




Eu sei que os "mortais" fazem figuração, tudo bem, mas e daí, é justo que seus míseros reais sejam postos em último plano? Se demoram ou não desejam pagar cachê, é porque DESVALORIZAM os modelos, então que vá catar "macacos-de-auditório" para seus figurantes, ora!!! Deve haver um jeito para este DESCASO e eu acredito que, no mínimo, ele deve começar por uma formalização pois o objeto jurídico já está configurado no momento da aprovação do modelo para o trabalho (pré-contrato?), PARA O TRABALHO, HEIN???!!! QUE ESTIPULE O PRAZO MÁXIMO PARA O PAGAMENTO DO ELENCO, DAS AGENCIAS, DAS PRODUTORAS e DEMAIS ENVOLVIDOS, sob pena de se buscar os meios legais para o DEVIDO cumprimento da OBRIGAÇÃO e conclusão do Negócio Jurídico, POIS TODOS, EM PROPORÇÕES IGUAIS TRABALHAM E NÃO É PARA "COLECIONAR MOEDAS", NEM PARA "APARECER NA TV", POIS ASSIM COMO AS "ditas" CELEBRIDADES, TODOS TEM CONTAS PARA PAGAR... Se UNAM pela VALORIZAÇÃO, sem medo, sem CERIMÔNIA, afinal qualquer papel é importante, qualquer figuração faz parte da montagem, da idéia, da criação e sobretudo da mensagem que os talentosos produtores desejam passar, quer ver?




Que sentimento você experimentou ao ver a foto aí de cima? Pronto, é isso mesmo, é assim que se sente quem "vende" a sua arte, seja como figurante, produtor, agente, diretor, maquiador, câmera-man, roteirista, editor, contra-regra, palhaço... Enfim, qualquer um que é "mortal", NÃO É remunerado de forma  JUSTA e CORRETA, assim sendo, NÃO é RECONHECIDO como DEVERIA SER!!


PS.: As fotos que constam nesta postagem são obras de escolha aleatória, portanto alheias ao seu conteúdo.




Kildare Johnson


14 de fevereiro de 2012 às 21:58 horas





4 comentários:

  1. Fiquei surpreso e ao mesmo tempo feliz com a sua decisäo de criar este Blog. Há alguns dias atrás (não sei se você lembra) sugeri que fizesse isso. Desejo sucesso e prometo que, como um bom incentivador, divulgarei este espaço democrático que acho de fundamental impotância. As redes sociais apesar de serem veículos bastante interessantes, nos expõem à situações constrangedoras e a desgastes desnecessários. Um abraço e sucesso nessa nova empreitada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, meu AMIGO, é claro que lembro das suas palavras e VOCÊ é dos que a SUGESTÃO é mais do que um INCENTIVO!!!

      Excluir
  2. Gostei do blog meu "pirraia". Continue postando matérias interessantes para o conhecimento de todos! Grande abraço e sucesso no blog também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse blog é NOSSO, meu "pirraia"! Valeu a força!

      Excluir